Artist picture of Vanessa da Mata

Vanessa da Mata

750 330 fãs

Artistas semelhantes

Playlists

Biografia

Em 1990, quando morava em Uberlândia (MG) para tentar uma vaga numa faculdade de medicina, Vanessa da Mata começou sua carreira artística cantando num bar. Em 1992, decidiu se mudar para São Paulo (SP), onde acabou integrando a banda de reggae Shalla-Bal. Antes disso a cantora havia pensado em ser jogadora de basquete e modelo. Vanessa começou a pensar em ser compositora quando integrou a banda Mafuá, do compositor Tião Carvalho, um grupo mais voltado para ritmos regionais. Vanessa começou a fazer suas músicas solitariamente, até que Chico César a apresentou ao violonista Swami Jr. Com Swami, Vanessa gravou seu primeiro disco, um CD-demo com quatro músicas. Entre 1998 e 1999, a artista começou a fazer shows com mais regularidade, até que "A Força que Nunca Seca" chegou aos ouvidos de Maria Bethânia, que batizou um disco seu com o nome da parceria de Chico César e Vanessa. A gravação da música projetou Vanessa em escala nacional. Em 2000, Daniela Mercury incluiu no seu disco "Sol da Liberdad" o samba-rock "Viagem". Em 2001, veio um novo aval de Maria Bethânia, que gravou com Caetano Veloso em seu disco, "Maricotinha", o samba ruralista "O Canto de Dona Sinhá", tributo à avó de Vanessa. Em 2002, a cantora mato-grossense finalmente lançou seu primeiro CD, "Vanessa da Mata". Incluída na trilha da novela Esperança, a canção Onde Ir foi o primeiro destaque do disco. Mas logo o samba-rock Não me Deixe Só foi descoberto pelos DJs, que fizeram o tema estourar nas pistas. O sucesso chegou até à Inglaterra, para onde Vanessa chegou a ir fazer contatos com selos locais. Em 2003, de volta ao Brasil, regravou o tema da Jovem Guarda "Nossa Canção", para a trilha da novela Celebridade. Projetada originalmente na voz de Roberto Carlos em 1966, a música de Luiz Ayrão entrou como faixa-bônus na segunda tiragem do disco Vanessa da Mata. Em 2004, Vanessa lançou seu segundo CD, "Essa Boneca Tem Manual”. Foi um trabalho mais pop, que destacou nas rádios as faixas “Ai, Ai, Ai”, "Ainda Bem" e "Música", consolidando a trajetória da cantora e compositora que representa a delicadeza cosmopolita na cena pop. Em 2007, Vanessa lança Sim, seu terceiro álbum, que trouxe mais um grande sucesso para a cantora – “Boa Sorte/Good Luck”, dueto com o cantor americano Bem Harper, que foi a música mais tocada em 2008 no Brasil. No ano seguinte, a cantora lança seu primeiro álbum ao vivo, Multishow Ao Vivo: Vanessa da Mata. Em 2010, Vanessa lança seu quarto álbum de estúdio, Bicicletas, Bolos e Outras Alegrias, que rendeu à cantora seu quarto disco de platina consecutivo. Em 2013, ela lança seu quinto álbum, Vanessa da Mata canta Tom Jobim, em tributo ao cantor Tom Jobim.