Artist picture of Emicida

Emicida

1 076 096 fãs

Top músicas do artista

AmarElo (Sample: Sujeito de Sorte - Belchior) Emicida, Majur, Pabllo Vittar 05:21
Levanta e Anda Emicida, Rael 02:30
Pequenas Alegrias da Vida Adulta Emicida 04:52
Principia Emicida, Fabiana Cozza, Pastor Henrique Vieira, Pastoras do Rosário 05:55
Hoje Cedo Emicida, Pitty 03:14
A Ordem Natural das Coisas Emicida, Mc Tha 03:55
É Tudo Pra Ontem Emicida, Gilberto Gil 05:10
AmarElo (Sample: Sujeito de Sorte - Belchior) Emicida, Majur, Pabllo Vittar 05:38
Vida Loka I Criolo, Emicida, Mano Brown 04:31
Levanta e Anda Emicida, Rael 03:08

Artistas semelhantes

Playlists

Para todos os moods

Biografia

Já com o primeiro trabalho, Pra Quem Já Mordeu um Cachorro por Comida Até que Eu Cheguei Longe (2009), Emicida conquistou os principais festivais do Brasil e do mundo. Após duas mixtapes e dois EPs, o rapper paulista ganhou notoriedade para além do nicho do rap com o seu primeiro disco de estúdio, O Glorioso Retorno de Quem Nunca Esteve Aqui (2013). O mesmo se deu com o sucessor Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições de Casa (2015). A discografia do rapper ganhou um novo episódio em 2018, quando lançou o seu primeiro DVD ao vivo e teve como mote os 10 anos do single “Triunfo”. Em 2019, Emicida conseguiu olhar pra trás com êxito, tendo o entendimento de tudo o que foi feito até aqui: um experimento social que ainda está em construção. Lançou o projeto de estúdio AmarElo. O álbum esteve nas principais listas de melhores discos do ano, e fez história - novamente - ao fazer o show de estreia no Theatro Municipal de São Paulo. Em 2020, lançou o podcast AmarElo - O Filme Invisível, que explora os bastidores e as inspirações para o disco. Também apresentou o AmarElo Prisma, projeto multiplataforma que visa criar novas perspectivas para a sociedade. Emicida encerra o ano de 2020 com o lançamento de AmarElo - É Tudo Pra Ontem na Netflix. Usando o show do rapper no Theatro Municipal como espinha dorsal, o filme explora a produção do projeto de estúdio AmarElo e, ao mesmo tempo, a história da cultura brasileira. Em 2021, Emicida lançou o álbum ao vivo do histórico show de lançamento do experimento social AmarElo, que também foi disponibilizado pela Netflix, entitulado AmarElo Ao Vivo.