Artist picture of Nação Zumbi

Nação Zumbi

97 384 fãs

Artistas semelhantes

Playlists

Biografia

NAÇÃO ZUMBI A Nação Zumbi criada no início dos anos 1990 na capital pernambucana, ainda sob a alcunha de ‘Chico Science & Nação Zumbi’, lançou seu primeiro álbum “Da Lama ao Caos”, em 1994. O trabalho tornou-se um dos marcos do manguebeat, movimento que, junto com outras bandas da região, ajudou a deslocar o eixo da música nacional para além do Rio-São Paulo introduzindo elementos locais ao pop e considerado o mais importante desde a Tropicália. O segundo disco “Afrociberdelia” marcou o encontro entre as músicas brasileira e africana, o rock, o rap e as revoluções digitais que deram nova cara ao mundo nos anos 1990. O álbum reúne alguns dos grandes sucessos da Nação Zumbi, presentes no setlist da banda até hoje, como “Macô”, “Manguetown” e “Maracatu Atômico”, esta última uma versão modernizada para a composição de Nelson Jacobina e Jorge Mautner, da década de 1970. Menos de um ano depois, Chico Science, morre precocemente, em um acidente de carro no Recife. Depois da enorme perda, a Nação Zumbi, conseguiu se reestruturar e soube se reinventar ano após ano, disco após disco até chegar aqui. Acumulou mais seis álbuns de estúdio – “CSNZ” (1998), “Rádio S.Amb.A” (2000), “Nação Zumbi” (2002), “Futura” (2005), “Fome de Tudo” (2007), “Nação Zumbi” (2014) e dois álbuns ao vivo que também viraram vídeos em DVD – “Propagando ao Vivo” (2006) e “Ao Vivo no Recife” (2012), além do cd “Mundo Livre S.A. vs Nação Zumbi” (2012). A Nação Zumbi atualmente banda formada por Jorge Du Peixe (voz), Lúcio Maia (guitarra), Dengue (baixo), Pupillo (bateria) e Toca Ogan (percussão) e pelos músicos Marcos Mathias, Gustavo da Lua e Tom Rocha está em turnê desde 2014, quando lançou o décimo trabalho de sua carreira, o disco de inéditas “Nação Zumbi” (Slap/Natura Musical). Álbum este lançado depois do jejum de sete anos desde “Fome de Tudo”. e também circulou com show Afrociberdelia, tocando o cd na íntegra, em comemoração aos 20 anos do lançamento do álbum e os 50 anos de Chico. A Nação Zumbi agrega todos os elementos que tornou a banda uma das mais respeitadas e influentes desde a década de 90. Tem participado dos principais festivais no país e exterior como Lollapalooza Chile, Lollapalooza Argentina, Summerstage NY e 50º Montreux Festival (neste junto com a banda suíça The Young Gods), entre outros. No momento, a banda está divulgando seu primeiro disco de versões, “Radiola NZ Vol. 1”, enquanto prepara novo cd de inéditas para este ano. Recenemente no dia 02 de fevereiro e em clima de celebração espiritual do dia de Iemanjá ocorre o lançamento da parceria entre BaianaSystem e Nação Zumbi: “Alfazema”. O encontro entres os dois grupos, tantas vezes imaginado pelos fãs, já era uma vontade antiga dos músicos e chega no clima de renovação dos caminhos em 2018.